Ir para conteúdo

Ricardo Fonseca Mota

Ricardo Fonseca Mota

Nasceu em Sintra em 1987, cresceu em Tábua e acabou de crescer em Coimbra.

O seu primeiro romance, Fredo, venceu o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís em 2015, foi semifinalista do Oceanos – Prémio de Literatura em Língua Portuguesa em 2017, e está traduzido e publicado na Bulgária. Representou Portugal na 17ª edição do Festival do Primeiro Romance, em Budapeste. Escreveu Teatro, a peça Germana, A Begónia, cuja encenação estreou em 2017 Publicou também poesia, o livro In Descontinuidades, lançado sob pseudónimo, como Ricardo Agnes, em 2008. As aves não têm céu é o seu segundo romance. Formado pela Universidade de Coimbra, é escritor, psicólogo clínico e promotor cultural.