Ir para conteúdo

Gonçalo M. Tavares

Gonçalo M. Tavares

Nasceu em Luanda, em 1970. Escritor, professor universitário na faculdade de Motricidade Humana da Universidade de Lisboa. Estreou-se em 2001 com Livro de Dança e desde então publicou uma vastíssima obra, em títulos géneros e até editoras.

Está traduzido em mais de quarenta países, diversos prémios, como o Portugal Telecom; o LER/Millennium Branquinho da Fonseca da FCG/ Jornal Expresso, Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de o X Prémio Internacional Trieste 2008. A 9 de Junho de 2012 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. Em 2010, o seu livro Aprender a Rezar na Era da Técnica recebeu o Prémio do Melhor Livro Estrangeiro em França.

Prémio José Saramago em 2005. Na entrega do galardão, o autor de Jangada de Pedra disse: «'Jerusalém' é um grande livro, que pertence à grande literatura ocidental. Gonçalo M. Tavares não tem o direito de escrever tão bem apenas aos 35 anos: dá vontade de lhe bater!»

Entre os títulos mais recentes a chegarem às livrarias encontramos Atlas do Corpo e da Imaginação; Breves Notas Sobre o Medo; Bucareste Budapeste: Budapeste Bucareste; Histórias Falsas; Na América, Disse Jonathan; Os Amigos; Cinco Meninos, Cinco Ratos; O Senhor Walser e a Floresta, Breves Notas Sobre Literatura-Bloom ou O Senhor Brecht e o Sucesso.